Buscar
  • Escola São José

Como prevenir acidentes domésticos na quarentena



Durante o período de distanciamento domiciliar é preciso atentar-se a cuidados básicos para a prevenção de acidentes domésticos.


Reunimos várias orientações do Corpo de Bombeiros para você relembrar e adotar medidas protetivas em sua casa.





Crianças necessitam de atenção o tempo todo. Os acidentes tendem a ocorrer quando elas adquirem a habilidade de agir, engatinhar e pegar objetos. Bebês são imprevisíveis, colocam tudo na boca, escalam, abrem portas e gavetas, retiram coisas, adoram brincar com água e olhar pela janela, por isso, necessitam sempre de proteção, supervisão e disciplina. 

Confira algumas dicas de prevenção de acidentes:


Queda

  • Nunca deixe uma criança sem assistência sobre uma mesa de troca de roupas. Tenha fraldas à mão previamente

  • Assegure-se de que os espaços entre as barras do berço ou cercadinho estejam adequados

  • Portas ou acessos para escadas ou outras áreas perigosas devem ser rigorosamente bloqueadas

  • Mantenha janelas e varandas fechadas

  • Evite deixar a criança sozinha

 Afogamentos 

  • Não deixe seu filho só na banheira por nenhuma razão. Mesmo com água rasa é perigoso, uma vez que são necessários apenas alguns segundos para que ocorra o risco de um afogamento.

  • Se sua casa tiver piscina, deixe-a sempre com rede de proteção. Esteja sempre atento!

Brinquedos 

  • Devem ser grandes o bastante para não serem engolidos e resistentes para não quebrarem.

  • Não devem ter pontas nem arestas agudas. Os brinquedos arredondados de material liso ou plástico são seguros

  • Mantenha alfinetes, botões, fósforos, tesouras, facas e outros objetos pequenos ou cortantes fora do alcance das crianças 

  • Remova móveis não fixos, de bordas cortantes e toalhas da área de brinquedo das crianças

Sufocantes

  • Sacos plásticos, fios longos, arreios e travesseiros fofos podem asfixiar ou estrangular

  • Não permita que a criança mastigue ou chupe uma bexiga

  • Não ponha gravatas de pescoço ou cordões de chupetas em torno do pescoço da criança

  • Não permita que ela brinque com objetos pequenos que possam ser engolidos

Cozinha é uma área de alto risco

  • Se possível, coloque uma grade de proteção na porta

  • Líquidos e alimentos quentes, fósforos, fios elétricos, torradeiras, bules, garrafas térmicas e outros equipamentos devem ser mantidos fora do alcance das crianças

  • Use de preferência as "bocas" de trás do fogão colocando os cabos também para trás, de forma que fique fora do alcance das mãos

  • Remova os botões do fogão quando não estiver em uso

  • Evite o uso de tábuas de passar roupa que possam ser puxadas para baixo

  • Nunca deixe uma criança sozinha na cozinha 

Queimaduras

  • Previna escaldaduras: verifique a água do banho com seu cotovelo

  • Não beba líquidos quentes com seu filho no colo e os mantenha fora do alcance dele

  • Mantenha fósforos e acendedores de cigarros distante de crianças

  • Não permita que as crianças liguem torneiras de água quente

  • Gire os cabos das panelas para trás

Envenenamento por medicamentos e produtos tóxicos

A faixa de maior risco de envenenamento é a compreendida entre 1 e 5 anos. Crianças nessa idade podem colocar qualquer coisa em sua boca. Muitos produtos comumente encontrados em casa podem ser venenosos se usados não apropriadamente, por isso:

  • Mantenha qualquer produto perigoso fora da visão e alcance da criança

  • Tome cuidados extra quando alguém da família estiver em tratamento, usando vários remédios e nunca diga que remédio é doce

  • Compre produtos domésticos em embalagens resistentes para a criança e guarde-os em lugar seguro, mantendo-os sempre em seus recipientes originais

  • Nunca deixe bebidas alcoólicas ao alcance de crianças

  • Anote os números dos telefones do seu pediatra, do hospital, do Centro de Controle de Intoxicação para buscar ajuda, caso a criança ingira alguma substância não alimentar

  • Sempre leia os rótulos cuidadosamente antes do uso de qualquer produto

  • Ensine às crianças a não beber ou comer qualquer substância, a menos que seja dado por adultos conhecidos seus

  • As crianças tendem a imitar os adultos. Não tome remédios na presença de crianças pequenas

  • Realize faxinas domésticas periodicamente. Remédios velhos cujos prazos estejam vencidos ou que denotem perda de suas características devem ser jogados no lixo






Fonte: Unimed do Brasil

Informações: Corpo de Bombeiros

Conteúdo aprovado pelo responsável técnico-científico do Portal Unimed.

6 visualizações

Contate-nos: (51) 3482.1267 - (51) 3482.1153   /   direcao@fbsaojose.com.br   /   Rua Cel. Araújo Ribeiro, 480, Barra do Ribeiro - RS

  • Facebook
  • Instagram
login-brasil - Cinza.png

Copyright © 2019 Escola Fundamental São José. Todos os direitos reservados.